Dr. José Hudson Lamego da Silva CRM 20.904 | RQE 12.243

POSTO DE COMBUSTÍVEL CAI NA MALHA FINA DA RECEITA FEDERAL POR INSUFICIÊNCIA DE RECOLHIMENTO DE CONTRIBUIÇÃO PREVIDENCIÁRIA

POSTO DE COMBUSTÍVEL CAI NA MALHA FINA DA RECEITA FEDERAL POR INSUFICIÊNCIA DE RECOLHIMENTO DE CONTRIBUIÇÃO PREVIDENCIÁRIA

POSTO DE COMBUSTÍVEL CAI NA MALHA FINA DA RECEITA FEDERAL POR INSUFICIÊNCIA DE RECOLHIMENTO DE CONTRIBUIÇÃO PREVIDENCIÁRIA

POSTO DE COMBUSTÍVEL CAI NA MALHA FINA DA RECEITA FEDERAL POR INSUFICIÊNCIA DE RECOLHIMENTO DE CONTRIBUIÇÃO PREVIDENCIÁRIA

Nessa primeira fase, foram enviadas 6.769 cartas para postos de gasolina que não declaram em GFIP o adicional de contribuição previdenciária, totalizando um valor de divergência de R$ 128.160.214,69.

 

Os contribuintes alertados terão 2 meses para se autorregularizarem (prazo final 15 de janeiro), por meio de retificação de GFIPs e consequente realização do pagamento ou parcelamento dos valores constituídos. Aqueles contribuintes que não se autorregularizarem, serão objeto de lançamento de ofício, podendo serem autuadas com acréscimo de multa de 75% a 225%.

 

Fonte: 

http://receita.economia.gov.br/noticias/ascom/2019/novembro/receita-federal-da-inicio-a-operacao-malha-pj-relativa-a-insuficiencia-de-recolhimento-de-contribuicao-previdenciaria-do-setor-de-postos-de-combustiveis

OUTRAS NOTÍCIAS