Dr. José Hudson Lamego da Silva CRM 20.904 | RQE 12.243

Instrumentação: Medir para evitar

Instrumentação: Medir para evitar

Instrumentação: Medir para evitar

Instrumentação: Medir para evitar

Avaliações ambientais que representem a realidade das exposições no ambiente laboral e sejam capazes de gerar melhorias exigem instrumentos de qualidade e mão de obra capacitada

Uma rápida olhada em um trabalho sendo realizado em altura ou com o manuseio de um maquinário permite a identificação de pelo menos um dos perigos a que os trabalhadores estão expostos. O mesmo não pode ser dito em relação aos agentes físicos, químicos e biológicos existentes em diversos ambientes laborais e que, em função de sua natureza, concentração ou intensidade e tempo de exposição são capazes de causar muitos danos à saúde.

Ainda que sejam perceptíveis, em muitos dos casos, o simples reconhecimento do risco nem sempre é suficiente para o desenvolvimento e implantação de medidas preventivas. Por vezes, se faz necessária uma avaliação quantitativa, que dirá com exatidão, por exemplo, qual é o nível de ruído a que o colaborador está sendo exposto durante sua jornada laboral e se este respeita os limites de tolerância dispostos na legislação. Para tal, os profissionais da área de Segurança e Saúde do Trabalho farão uso de instrumentos voltados especialmente para medição de riscos ocupacionais.

OUTRAS NOTÍCIAS