Dr. José Hudson Lamego da Silva CRM 20.904 | RQE 12.243

Com as NRs, foram prevenidos 8 milhões de acidentes de trabalho.

Com as NRs, foram prevenidos 8 milhões de acidentes de trabalho.

Com as NRs, foram prevenidos 8 milhões de acidentes de trabalho.

Com as NRs, foram prevenidos 8 milhões de acidentes de trabalho.

Há quatro décadas, em um período no qual o Brasil destacava-se negativamente diante do mundo em número de mortes por acidentes ocupacionais, a elaboração das primeiras 28 Normas Regulamentadoras do Ministério do Trabalho deu início a uma revolução da Segurança e Saúde no Trabalho no país.

As consequências positivas vêm sendo constatadas ao longo dos anos, não somente na queda das estatísticas, mas também, no incentivo à construção de uma cultura prevencionista dentro das empresas, na formação de profissionais do segmento e na evolução do mercado de equipamentos e serviços voltados à proteção dos trabalhadores.

As NRs foram criadas para regulamentar os artigos 154 a 201 do Capítulo V do Título II da Consolidação das Leis do Trabalho e que absorveu o conteúdo de vários documentos legais esparsos sobre o tema, destacando-se aqueles referentes à insalubridade e à periculosidade. Elas contribuem para preservar a vida e a dignidade da pessoa, pois estabelecem as condições mínimas de SST referentes à exposição aos agentes físicos, químicos e biológicos nos ambientes laborais.

Passados 40 anos, os benefícios trazidos pelas normas são reconhecidos e celebrados por todos os interessados. Ao mesmo tempo, é apontada a necessidade de melhorias, no sentido da harmonização e do aprimoramento de seus textos e da forma como são elaboradas e atualizadas, para ampliar seu cumprimento e a consequente prevenção.

Fonte: Revista Proteção

OUTRAS NOTÍCIAS